Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

sábado, 16 de julho de 2011

DEM e PSDB selam pacto para disputar Prefeitura de Natal em 2012

Na convenção municipal dos democratas, neste sábado (16), senador José Agripino disse que DEM e PSDB estarão juntos no próximo ano.

Faltando 15 meses para a sucessão municipal, DEM e PSDB selaram, na manhã deste sábado (16), um pacto para a disputa pela Prefeitura de Natal. Em discurso na convenção do diretório natalense dos democratas, na sede da legenda no bairro de Nova Descoberta, o senador José Agripino Maia, presidente nacional da sigla, afirmou que os dois partidos “farão aliança no primeiro ou no segundo turno” em 2012.

“O DEM poderá ter candidato [a prefeito de Natal em 2012]. Não sei dizer com quantos partidos faremos aliança, mas sei que certamente faremos com o PSDB, no primeiro ou no segundo turno”, declarou o senador, ladeado pelo presidente estadual dos tucanos e pré-candidato à sucessão natalense, o deputado federal Rogério Marinho.
 
Agripino fez menção ao tucano, a quem dirigiu vários elogios, mas disse que não iria “personalizar” nem “fulanizar” o processo ao ser questionado se Rogério Marinho receberia o apoio do DEM, caso o partido decida não lançar candidatura própria.
 
“O que eu disse é que estaremos juntos [DEM e PSDB] no primeiro ou no segundo turno. Nada mais que isso. Não vou personalizar nem fulanizar o processo”, enfatizou, acrescentando que, “no momento certo”, o partido vai discutir se terá ou não candidatura própria.
 
O desejo do senador é fazer do filho dele, o deputado federal Felipe Maia, candidato à sucessão da prefeita Micarla de Sousa (PV). O parlamentar, porém, disse que a candidatura a prefeito não faz parte dos seus planos.
 
“Esse não é o meu projeto. Não estou trabalhando nenhuma pré-candidatura. Fico grato pela lembrança do meu nome, porque isso demonstra o reconhecimento ao meu trabalho na Câmara dos Deputados, mas não tenho essa pretensão [de concorrer à prefeitura]”, sublinhou.
 
Felipe afirmou que o DEM terá uma participação “decisiva” na eleição de 2012 em Natal, em função da “força” que o partido ostenta no Rio Grande do Norte, por contar com quadros importantes como a governadora Rosalba Ciarlini e o senador José Agripino.
 
“Ainda não houve nenhuma conversa interna sobre quem seria nosso candidato. O que há é uma orientação nacional para lançarmos candidatos a prefeito e vereador nas principais cidades e nas capitais. Vamos nos reunir e decidir se lançaremos nome próprio ou se vamos apoiar o nome de outro partido”, ponderou.
 
Felipe Maia alegou “razões pessoais” para recusar a candidatura a prefeito e disse que, se chamado a conversar, tentará convencer o pai, senador e líder do partido, José Agripino, além da governadora Rosalba Ciarlini, sobre seus argumentos para declinar da missão.
 
De olho no apoio do DEM, Rogério Marinho não economizou nos elogios aos “companheiros democratas”, disse que as duas legendas são “co-irmãs” e se disse “orgulhoso” da aliança entre os dois partidos.
 
“Temos a responsabilidade de trabalhar para construirmos uma candidatura competitiva em 2012. O PSDB pretende conversar prioritariamente com o DEM. Poderemos ter múltiplas candidaturas no primeiro e, no segundo turnos, nos unirmos, ou poderemos optar pela candidatura única, que congregue as melhores condições de vitória. Nada, porém, vai nos separar, porque, ainda que não estejamos juntos inicialmente, há o instituto do segundo turno”, discursou o tucano.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário