Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

domingo, 3 de julho de 2011

Futuro do Aeroporto Internacional Augusto Severo é incerto

Infraero e Forças Armadas ainda não definiram como será a exploração do empreendimento, após o Aeroporto de São Gonçalo entrar em operação. 

O Aeroporto de São Gonçalo do Amarante é sempre citado pelas autoridades potiguares como uma das obras estruturantes mais importantes para que Natal figure entre as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, mas pouco se discute sobre o futuro do Aeroporto Internacional Augusto Severo. Este terminal hoje é a principal porta de entrada dos turistas no Rio Grande do Norte e há divergências sobre o uso das suas instalações, após a entrada em operação daquele que será o primeiro aeroporto brasileiro erguido através de concessão.

Entre as possibilidades apresentadas para o Augusto Severo, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) diz que a viabilidade de montar um centro comercial no local está sendo analisada, mas as instalações do aeroporto também poderão passar a ser de responsabilidade da Aeronáutica.


O superintendente regional da Infraero Nordeste, Fernando Nicácio, explica que o uso das instalações do Augusto Severo é compartilhado pela Infraero e pela Aeronáutica, através da Base da Aérea de Natal (Bant). De acordo com ele, a área que hoje é destinada ao terminal de passageiros poderá passar a abrigar a atividade administrativa da Infraero, mas é possível também que haja uma modificação na forma de exploração comercial. “Se montássemos um shopping no local, seria fantástico, porque há bastante espaço para a instalação de lojas, praça de alimentação e até equipamentos de lazer, com um grande estacionamento, e seria preciso apenas algumas adequações”, detalha.

Para Nicácio, o prédio do Augusto Severo, que vem passando por uma reforma desde fevereiro deste ano, não ficará obsoleto após a construção do Aeroporto de São Gonçalo. Isso porque será preciso uma boa estrutura para receber o novo negócio, independente de qual perfil ele tenha. “Estamos falando de um prédio importante, em uma área importante, que terá um destino adequado no futuro. A atual reforma tem a concepção de atender a uma demanda crescente de passageiros para Natal, mas também já pensamos no empreendimento que ficará pronto para ser utilizado posteriormente. Não podemos dizer, de forma alguma, que a reforma será perdida”, avalia.

Forças Armadas
As instalações que hoje abrigam o Aeroporto Internacional Augusto Severo também poderão ficar sob a responsabilidade das Forças Armadas, uma vez que a Base Aérea de Natal (Bant) fica ao lado do terminal de passageiros e as pistas são compartilhadas entre as aviações civil e militar.

O deputado federal João Maia afirmou, em entrevista recente, que o Governo Federal tem um plano de reestruturação das Forças Armadas, que inclui trazer navios para a região Nordeste e fazer de Parnamirim uma ampla base aérea, voltada ao treinamento militar. Dessa forma, a área que hoje abriga o Augusto Severo poderia passar a ser utilizada tanto pelo comando da Bant, quanto pela Marinha do Brasil, com o fortalecimento do 3º Distrito Naval, que abrange os estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas.

Mas apesar das declarações do deputado, os comandos da Aeronáutica e Marinha alegam que nenhuma decisão foi tomada, em relação ao Augusto Severo. Em contato com o comando da Base Aérea de Natal (Bant), a reportagem do Nominuto.com recebeu a informação de que possíveis mudanças sobre a utilização do espaço no aeroporto ainda não foram avaliadas. O mesmo ocorreu no comando do 3º Distrito Naval, no qual a assessoria de comunicação contou que um possível uso de espaços ou equipamentos no aeroporto não foi posto em discussão.

Histórico
A Estação de Passageiros da Base Aérea de Natal foi inaugurada em 23 de outubro de 1946 e seis anos depois foi elevada à condição de Aeroporto Internacional Augusto Severo. Em 1980, foi inaugurada a primeira grande reforma, através da qual foram construídos equipamentos como um novo salão de espera, restaurante e estacionamento. No mesmo ano, a administração foi assumida pela Infraero.

Foto: Vlademir Alexandre
Estação de Passageiros da Base Aérea de Natal foi inaugurada em 23 de outubro de 1946.

Em 1999, teve início a construção do atual terminal de passageiros, que foi inaugurado em dezembro de 2000. Após esta obra, as antigas instalações do aeroporto passaram a ser utilizadas pela Infraero, na administração do empreendimento.

Atualmente, o terminal de passageiros do Augusto Severo está passando pela primeira grande intervenção estrutural, desde a sua construção. Orçada em mais de R$ 16 milhões, a reforma prevê intervenções como ampliação do terminal, substituição do sistema de ar condicionado, criação de dez novos balcões de check-in e recuperação da estrutura metálica. A obra foi iniciada no final de fevereiro deste ano, com previsão de ser concluída em dezembro próximo.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário