Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Com planos adiados, Walter Alves critica reeleição da mesa diretora

Peemedebista seria o sucessor de Ricardo Motta, atual presidente da Assembleia Legislativa; decisão de votar contra proposta foi pessoal.

O deputado estadual Walter Alves (PMDB) endossou as críticas à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que pretende restabelecer a recondução à presidência a mesa diretora da Assembleia Legislativa.

"Vou votar contra porque não vejo necessidade dessa antecipação de um assunto que votamos há sete meses", disse o peemedebista, cujos planos para alcançar a cadeira hoje ocupado pelo deputado Ricardo Motta (PMN) foram adiados.

Um acordo com o PMDB havia pactuado a condução de Walter Alves à presidência da AL imediatamente após a titularidade de Motta. Walter nega ter tomado a decisão orientado por sua legenda.

"[Votar contrariamente à PEC] é uma determinação pessoal. Essa votação é um evento político e terei que respeitar a decisão da maioria", disse.

Em face da nova configuração que se desenha, Alves afirmou que não trabalhará com vistas à presidência da Casa em 2014. Pela PEC, os deputados só podem se reeleger dentro de uma mesma legislatura, ou seja, Ricardo Motta só poderá ser reeleito presidente da Casa uma vez neste mandato.

O arranjo permite, todavia, que Walter tente a Prefeitura do Natal no próximo ano. O Executivo municipal, entretanto, não lhe interessa. "Vou trabalhar para concluir o meu mandato". Até agora, o nome do PMDB para disputar a Prefeitura do Natal é do deputado.

A votação da PEC será na próxima semana. O quórum para aprovação é de 15 deputados; 17 assinaram o requerimento que tornou em projeto a possibilidade de reeleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário