Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

STF aceita denúncia contra Maluf e família por desvios em SP

Maluf agora é réu em ação penal por lavagem de dinheiro
O Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou, nesta quinta-feira, denúncia feita pelo Ministério Público Federal contra o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e integrantes de sua família por lavagem de dinheiro. Devido à idade do casal Paulo e Silvia Maluf, ambos com mais de 70 anos, o relator do caso, ministro Ricardo Lewandowski, reconheceu a prescrição da pretensão punitiva em relação ao suposto crime de formação de quadrilha, que foi recebida quanto aos demais réus. Maluf e mais oito pessoas são acusados de desviar dinheiro das obras de construção da avenida Jornalista Roberto Marinho, antiga avenida Água Espraiada, em São Paulo.

Segundo o relator, há diversos elementos que servem como indícios de prova para o desencadeamento da ação penal, com destaque para o detalhamento do caminho financeiro das supostas propinas recebidas pelo grupo, com escalas nos Estados Unidos e países da Europa.

A construção da avenida ocorreu quando Maluf era prefeito de São Paulo, na década de 1990. O Ministério Público (MP) afirma que a obra foi superfaturada, com custo final de R$ 796 milhões, e que boa parte desse dinheiro foi enviada ao exterior por meio de doleiros, retornando ao Brasil em investimentos na empresa Eucatex, da família Maluf.

O advogado de Maluf, José Roberto Leal de Carvalho, admitiu durante o julgamento que é difícil defender seu cliente porque ele carrega um "carisma de desprezo". "Desprezo não, de ódio, desde a Copa de 1970. 

Começa o calvário dele lá", disse Leal, na tribuna da Corte. De acordo com Carvalho, não foram apontados fatos ou elementos que denunciem reunião da família para praticar o crime. No intervalo da sessão, o advogado também criticou a atuação da imprensa, pois ele alega que seu cliente recebeu tratamento tão "forte" que tudo acaba conspirando contra ele. "Toda vez que apresento petição em nome de Paulo Maluf, ela é vista com má vontade."

Nenhum comentário:

Postar um comentário