Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Sinal Fechado: PM apreende tablet após revista no alojamento dos detidos

Policiais militares apreenderam um tablet no alojamento onde estão detidos os envolvidos da operação Sinal Fechado, no quartel do Comando Geral da Polícia Militar. A apreensão foi realizada na manhã deste domingo (27) após revista nos locais onde os homens estão custodiados. A informação foi confirmada à TRIBUNA DO NORTE junto a autoridades da segurança pública do Estado.

O tablet é um equipamento de utilização semelhante a um computador e que permite acesso à internet e demais comunicações. A revista teve início às 6h30 e se prolongou até às 14h de ontem. A recomendação para a fiscalização partiu do Grupo de Ação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual, após suspeita de irregularidades cometidas pelos presos.


Toda a ação da Polícia Militar foi filmada e o relatório com o equipamento e o resultado da ação será encaminhado ao MP/RN e à Justiça. 

Durante a revista, que se prolongou durante toda a manhã, as visitas dos familiares foi suspensa. Representantes dos acusados foram à Justiça para garantir o acesso dos parentes ao alojamento. As visitas foram normalizadas no período da tarde de ontem, depois de ser expedido um mandado de segurança com tal determinação. 

Hoje, os presos da operação Sinal Fechado estão em alojamentos divididos dentro do quartel da PM. Uns no Comando de Policiamento Interiorano (CPI) e outros no Comando de Policiamento Metropolitano (CPM).  

Além dos envolvidos na operação Sinal Fechado, também está detido no quartel o advogado Rychardson Macedo - em virtude da operação Pecado Capital. Não informado a quem pertencia o equipamento encontrado.

Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário