Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

domingo, 11 de dezembro de 2011

CEI dos Contratos aponta tentativa de blindagem

Anna Ruth Dantas - repórter

A Comissão Especial de Inquérito que investiga os contratos da Prefeitura de Natal completou seu período regulamentar, de quatro meses, que foi prorrogado por igual prazo, em meio a muitos debates e dúvidas que cercam as negociações feitas pelo Executivo da capital potiguar com empresas. De secretário de Esporte Rodrigo Cintra que insistia em defender convênio de quase R$ 1 milhão mesmo com parecer contrário da Controladoria Geral do Município a contratos em duplicidade feitos pela Secretaria Municipal de Saúde. A diversidade de irregularidades apontadas até o momento pela CEI dos Contratos enseja que até fevereiro, prazo limite para conclusão dos trabalhos, a Comissão ainda terá muitos fatos a esclarecer.

A presidente da CEI, vereadora Júlia Arruda (PSB), observa que os depoimentos tomados até agora apontam para uma tentativa de blindagem a prefeita de Natal Micarla de Sousa (PV) e ao secretário municipal chefe do Gabinete da Prefeita Kalazans Bezerra. "Não sei a que propósito, mas há uma blindagem a prefeita Micarla e ao secretário Kalazans. E ele (Kalazans) virá aqui e será sabatinado pelos vereadores", analisa.

Alguns depoentes retornarão ao plenário da Câmara Municipal. Como é o caso da ex-secretária municipal de Saúde Ana Tânia Sampaio que passará por uma acareação com o empresário da Impele Ronaldo Souza, responsável pelo prédio Ducal. No seu primeiro depoimento, a ex-secretária afirmou que a Impele não queria renovar com a Prefeitura o contrato de locação do prédio, onde funcionava as Secretarias Municipais de Educação e Saúde. Já o empresário Ronaldo Souza disse que nunca colocou qualquer obstáculo para manter o contrato com o Executivo. Com os desmentidos a CEI dos Contratos fará uma acareação entre os dois.

Há também alguns gestores que ainda não foram depor e estão sendo aguardados com expectativa como é o caso do secretário chefe do Gabinete da Prefeita Kalazans Bezerra e do procurador geral do Município Bruno Macedo. Os depoimentos deverão se prolongar até o dia 23 de dezembro. O relatório final, a ser produzido pelo vereador Júlio Protásio (PSB), será apresentado no plenário da Câmara Municipal no mês de fevereiro.

A CEI dos Contratos traz uma característica na fase de depoimentos. Se nas visitas aos imóveis e na triagem dos contratos feitos, a participação direta foi apenas dos vereadores da Comissão, na fase de depoimentos, atualmente, outros parlamentares estão também interrogando os convocados.

Adriano Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário