Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

93% de viagem de magistrados em cruzeiro pago pelo TJ foi diversão

O desembargador Rafael Godeiro e os juízes José Dantas Lira e Luiz Cândido de Andrade viajaram em cruzeiro marítimo entre os dias 15 e 22 de janeiro, a pretexto de realizarem curso jurídico, e tiveram as despesas pagas pelo Judiciário do Estado.

As solicitações de pagamento de diárias foram originalmente encaminhadas à presidência do Tribunal de Justiça, mas foram negadas pela presidente Judite Nunes. Posteriormente, foram debitadas na conta da Escola da Magistratura do RN, órgão vinculado ao Judiciário, e do qual Godeiro é presidente.

As portarias 99, 100 e 101, foram publicadas no Diário de Justiça em 15 de dezembro passado. Elas não trazem os valores. Informam que os magistrados receberam cada um nove diárias e embarcaram no cruzeiro “para participar do Encontro sobre Estudos do MERCOSUL, onde serão discutidos as “Relações Jurídicas do MERCOSUL e o Impacto na Economia e na Sociedade”.

O curso foi no navio “Splendour of the Seas” (Esplendor dos Mares) e teve duração de 12 horas, 7% do total da viagem, que foi de 168 horas, conforme o edital disponibilizado pela organizadora, a Escola Superior de Magistratura de Pernambuco (Esmape). Uma das restrições especificadas no documento era que os pacotes fossem comprados à agência WM Tours.

Investimentos
A Esmape bancou os custos referentes aos palestrantes. Instada a detalhar as condições da viagem, a WM Tours, sediada em Recife, disse através de representante que destacaria alguém para falar sobre o assunto, mas não o fez até o fechamento da matéria.

Na página da agência na internet, a chamada para a viagem no Splendour of the Seas é destacada como “7 noites em cruzeiro pela América do Sul”. A entrada de acompanhantes era permitida pela organização do evento.

Divulgação

Cruzeiro, aéreo e traslado foram os gastos debitados na conta do Judiciário do RN. A diária no Splendour variou de R$ 1.976,00 por pessoa a R$ 5.118,00, dependendo do quarto e critério de luxo escolhido pelo hóspede.

As diárias do desembargador Rafael Godeiro totalizaram R$ 5.525,10 (R$ 613,90 cada). Já os custos dos juízes foram R$ 10.499,40, somados os dois valores de cada um, de 5.249,70. Num total, em diárias, foram R$ 16.024,50.

O percurso
O grupo partiu do porto de Santos no dia 15 de janeiro, às 18h. Navegaram durante toda a segunda-feira seguinte. Às 11h, na terça-feira, desembarcaram em Punta Del Este, no Uruguai, de onde saíram às 21h.

Na quarta-feira (18), testemunharam a alvorada de Buenos Aires. Só deixaram a capital argentina no dia seguinte, às 19h. Na sexta-feira (20), desembarcaram em Montevidéu. Navegaram durante todo o sábado e chegaram a Santos no domingo (22), às 8h30.

O Splendour é conhecido pelo luxo que ostenta. Possui um lobby de sete andares, um campo de minigolfe com 18 buracos e o solário exclusivo “com uma maravilhosa piscina interna/externa”, diz a descrição do texto sobre o navio.

São outras especificações: Parede de escalada; salões de jantar com paredes de vidro; bares e salões temáticos Casino Royale SM; "o surpreendente Centrum, um átrio aberto com lojas e outras atrações; piscina ao ar livre 4 hidromassagens; "instalações para jovens Adventure Ocean"; academia de ginástica e spa.

Outro lado
Procurado para comentar a relação custo/benefício ao contribuinte do Estado, o desembargador Rafael Godeiro não atendeu as chamadas da reportagem. Desde a semana passada ele é procurado para comentar o caso e tem se furtado a repercutir o assunto.

José Dantas Lira está de férias, por dois meses, informou a 1ª Comarca de Ceará-Mirim, da qual é titular. Deverá voltar ao fim de abril. Ele não atendeu as chamadas ao telefone pessoal. Luiz Candido de Andrade não foi localizado. Ambos os juízes ocupam cargos de coordenação na Esmarn.

Nenhum comentário:

Postar um comentário