Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Fafá admite conversas com Rosalba sobre vaga no TCE


Anna Ruth Dantas - Repórter

A vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, aberta há cinco meses com a aposentadoria de Alcimar Torquato, está sendo usada pela governadora Rosalba Ciarlini como instrumento para viabilizar a candidatura da irmã, Ruth Ciarlini, à Prefeitura de Mossoró. As negociações da chefe do Executivo estadual já foram deflagradas e para concretizar a estratégia de indicar Fafá Rosado para o TCE e com isso abrir caminho para a vice-prefeita Ruth Ciarlini assumir a Prefeitura de Mossoró só há um percalço: a própria prefeita ainda não decidiu se aceita a proposta da governadora.
Maria de Fátima Rosado, Prefeita de Mossoró: Temos conversado muito sobre o lado administrativo, mas também em relação a política temos conversado. A colocação do Tribunal de Contas do Estado foi conversado. 
Maria de Fátima Rosado, Prefeita de Mossoró: Temos conversado muito sobre o lado administrativo, mas também em relação a política temos conversado. A colocação do Tribunal de Contas do Estado foi conversado.
Fafá Rosado admite que nas muitas conversas com a governadora Rosalba Ciarlini o assunto TCE já surgiu. Embora afirme que ainda não amadureceu a decisão, a prefeita de Mossoró não se mostra irredutível em renunciar. O projeto político da governadora para a irmã Ruth necessariamente passa por Fafá Rosado porque, pela legislação vigente, Ruth não poderia ser candidata a prefeito em uma área que é abrangida pela administração da irmã, com isso estaria vetada na Prefeitura de Mossoró. A única exceção é em caso de reeleição, o que ocorreria caso Ruth assumisse a titularidade da Prefeitura com a possível renúncia de Fafá Rosado.
A vaga no Tribunal de Contas do Estado foi aberta há cinco meses, mas a governadora a mantém como uma "carta na manga" para viabilizar o projeto político na Prefeitura Municipal de Mossoró.
Nos últimos dias cresceu a discussão nos bastidores da política sobre quem poderia assumir a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. O deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM), marido de Fafá Rosado, foi descartado para assumir o cargo. Segundo a própria prefeita mossoroense, o grupo político ao qual pertence o parlamentar prefere que ele se mantenha na Assembleia Legislativa. Com isso, só há uma alternativa para Rosalba Ciarlini ter a irmã Ruth como candidata à reeleição na cidade que é o seu principal colégio eleitoral, é se conseguir fazer Fafá Rosado renunciar ao cargo.

Bate-papo

Maria de Fátima Rosado, Prefeita de Mossoró

O deputado estadual Leonardo Nogueira, marido da senhora, poderá assumir a vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado, na indicação da governadora Rosalba Ciarlini?
Leonardo irá permanecer na Assembleia cumprindo o seu mandato. Estamos conversando e trabalhamos a parceria com todo nosso grupo, não é só o DEM, mas são todos os partidos. E nosso grupo político entende que é importante ter uma cadeira na Assembleia com o deputado Leonardo ocupando.

Então está descartada a indicação de Leonardo Nogueira para o TCE?

Está descartado. Não foi conversado sobre isso. É importante que o deputado Leonardo continue na Assembleia.

Mas como estão as conversas políticas sobre a a possibilidade de a senhora renunciar ao cargo, dando lugar a vice Ruth Ciarlini, irmã da governadora?
Estamos conversando. Não tem nada amadurecido. Vamos ver o que é melhor para o nosso grupo e conseqüentemente para a cidade de Mossoró. Depois é que nós vamos nos posicionar. Não há nada confirmado, estamos amadurecendo. Estamos conversando para encontrarmos um nome (candidato a prefeito de Mossoró) que seja apoiado por mim, pelo deputado Leonardo, pela governadora, pelo senador José Agripino, pelo deputado Betinho e por todos os aliados.

Mas a senhora poderá renunciar ao cargo?
Não tem nada decidido. Podemos pensar. Se no momento for melhor para o grupo, melhor para a nossa cidade, não tem nada amadurecido.

Mas a indicação do Tribunal de Contas do Estado já foi discutida nas conversas políticas entre a senhora e a governadora Rosalba?

Sou uma pessoa muito correta e lhe digo que temos conversado muito sobre o lado administrativo, mas também em relação a política temos conversado. A colocação do Tribunal de Contas do Estado foi conversado.

A senhora se sente atraída por uma vaga de conselheira no TCE?
Todo local que a gente vai não deixa de ser um desafio. Quando vem alguma coisa para mim gosto de enfrentar, mas ainda nem pensei nessa possibilidade. Estamos no último ano de gestão e a vontade que tenho é de trabalhar cada vez mais. Digo-lhe que tudo que vem para mim assumo como desafio, mas essa (o cargo de conselheira do TCE) é uma coisa que ainda não foi amadurecida.

O nome de Ruth Ciarlini seria o mais indicado para entrar como candidata em 2012 do grupo político que a senhora integra?
Realmente a gente percebe que é desejo da governadora (Rosalba), e da própria Ruth, que já assumiu a Assembleia Legislativa e hoje é vice-prefeita. Ela tem esse desejo. Mas não podemos descartar outros nomes como dos vereadores Chico da Prefeitura e Cláudia Regina. São três nomes (Ruth, Cláudia e Chico) que são bem avaliados e poderão disputar a Prefeitura de Mossoró.

A senhora decidirá quando, sobre se renuncia ou não à Prefeitura?

O prazo mesmo é 7 de abril, mas até o final de março já teremos uma decisão.

Fonte: Tribuna do Norte - Blog Anna Ruth Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário