Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Polícia Civil realiza operação em Apodi e desbarata esquema contra INSS

Policiais da Delegacia de Polícia Civil de Apodi apreenderam no Conjunto Habitacional IPE, localizado às margens da BR-405, sentido Apodi/Mossoró, farta documentação que estava em poder de uma mulher que tinha a finalidade de realizar ações previdenciárias como benefícios, auxílios doenças e aposentadorias junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

No cumprimento do mandado de busca e apreensão, expedido pelo juiz da Comarca de Apodi, os policiais sob o comando do delegado Renato da Silva Oliveira encontraram na residência de Luzia Neide de Lima vasta documentação de terceiros, cartões de benefícios do Instituto, Bolsa Família, entre vários outros documentos.

Ao delegado Renato Oliveira, Luzia Neide de Lima disse que trabalha arranjando clientes para advogados que ingressam ações previdenciárias junto ao INSS. Luzia Neide negou que faça empréstimos junto a instituições financeiras em nome de aposentados ou pensionistas e negou que tenha utilizado qualquer documento em seu poder para a prática de crimes.

Com relação ao cartão do seguro social encontrado em sua residência em nome de uma mulher beneficiaria, Luzia Neide disse que o cartão estava cortado, uma vez que a titular do mesmo tinha perdido a condição de beneficiaria de uma pensão deixada pelo seu genitor.

Apos ser ouvida pelo delegado Renato Oliveira, Luzia Neide fora liberada e aguardara por decisão da Justiça. Luzia disse ao delegado que trabalhava para um grupo de advogados. O delegado mantém os nomes dos advogados em sigilo para não prejudicar as investigações.

A Polícia Civil de Apodi vem identificando pessoas que atuam como agenciadores junto ao INSS. “O nosso trabalho tem como objetivo combater, de maneira sistemática crimes contra aposentados e pensionistas, principalmente apropriação de proventos de idosos; retenção de cartão magnético de conta bancária relativa a benefícios de idosos”, comentou Renato Oliveira, que responde pelos municípios de Apodi, Itaú, Severiano Melo e Rodolfo Fernandes no Médio-Oeste.

Com informações do Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário