Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

quinta-feira, 22 de março de 2012

Júri condena toda a família Thies

Amilton e Mariana Thies tiveram penas maiores que o filho. Cada um foi condenado a 19 anos de reclusão.

Após três dias de julgamento, os sete jurados consideraram o sargento da Aeronáutica Andrei Bratkowski Thies e seus pais, Amilton e Mariana, culpados pela morte e ocultação do corpo da dona de casa Andréia Rodrigues, em 2007.

Andrei foi condenado à pena de 16 anos de reclusão, pelo homicídio, e outros dois anos pela ocultação do cadáver, podendo progredir no regime de prisão após cumprir o equivalente a dois quintos da pena.

Quanto à participação dos pais de Andrei no assassinato, os jurados entenderam que os dois também são responsáveis pelo homicídio e a ocultação do corpo de Andréia, contudo as penas foram mais elevadas que as do filho pelas circunstâncias atenuantes e agravantes. Mariana e Amilton foram condenados cada um a 19 anos de reclusão.

Em sua decisão a juíza titular da Primeira Vara Criminal de Parnamirim, Cinthia Cibeli Diniz, ainda enfatizou que a família poderá recorrer da pena, mas sem o direito de liberdade.

Andrei Thies permanecerá preso na Base Aérea de Natal e sua mãe no Centro de Detenção Provisória da Zona Norte e seu pai será transferido para um presídio comum.

Fonte: nominuto.com
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário