Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

terça-feira, 20 de março de 2012

PM e segurança são assassinados em Felipe Camarão


Os dois estavam conversando na calçada de uma casa, quando dois homens chegaram atirando.


Foto: Sérgio Costa
Policiais não deixaram que os corpos fossem fotografados.
Um duplo homicídio foi registrado, na noite desta terça-feira (20), no bairro de Felipe Camarão. Um policial militar e um segurança particular foram assassinados quando estavam conversando na rua Padre Cícero, por volta das 18h. Os dois foram alvejados por vários tiros e não tiveram tempo de reação.
De acordo com informações colhidas pela polícia, o dono da casa onde aconteceu o crime é o segurança João Maria Belo da Silva, de 37 anos. Ele recebeu a visita do amigo Gilvanilson Gomes da Silva, de 44 anos, que era lotado na Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (Rocam), e os dois ficaram conversando na calçada.
Em determinado momento, dois homens se aproximaram deles a pé e começaram a atirar. O policial militar não teve tempo de reação e caiu morto sentado na calçada. Já o segurança João Maria ainda tentou correr para dentro de casa, mas também foi baleado e morreu no interior da residência.
Logo em seguida, os bandidos fugiram em um carro preto. Populares contaram aos policiais que a dupla estava usando o carro, que era dirigido por outra pessoa, mas também uma motocicleta com dois outros homens teria dado apoio durante o assassinato.
Policiais militares do 9º Batalhão foram os primeiros a atender a ocorrência, realizaram diligências na área, no entanto, até o momento, nenhum suspeito foi detido. De acordo com o que foi repassado por alguns familiares, o segurança João Maria seria o alvo do homicídio, tendo em vista que ele vinha sendo ameaçado há vários dias.
Já o policial Givanilson teria morrido por estar no local errado e na hora errada. No local do duplo homicídio, o clima era de comoção e alguns policiais que estiveram lá chegaram a chorar pela morte do colega de farda. Givanilson era tido como um bom policial.

Fonte: Portal BO - Sérgio Costa
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário