Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

terça-feira, 3 de abril de 2012

Investigação pode levar a descoberta de “consórcio” responsável pela morte de F. Gomes

Sidney Silva informa em seu Blog que a delegada Sheila Freitas, diretora da DEICOR esteve em Caicó, nesta terça-feira (03). Ela ocupou o prédio da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil, onde colheu depoimentos de pessoas com o objetivo de embasar a investigação que conduz sobre a morte do jornalista F. Gomes. Informações que chegam através de uma fonte que pediu reserva quanto a sua identificação dão conta que delegada está a um passo de elucidar crime.

Durante a investigação, a chefe da Deicor cruzou informações bancárias que revelam uma movimentação financeira entre os apontados como responsáveis pela morte de F Gomes. Esse dinheiro pode ter sido a paga pelo assassinato, porém, esse não seria o único ponto que motiva a delegada, a crer na participação de muitas pessoas no que pode ser um dos maiores consórcios organizados para o cometimento de um crime em Caicó, nos últimos anos. A possibilidade de outras prisões ocorrerem nos próximos dias é iminente, revela a fonte.

Durante a investigação, ocorreram mudanças nas versões apresentadas pelos presos, suspeitos de participação no crime. O assassino confesso de F Gomes, João Francisco dos Santos, o “Dão”, mudou a versão por várias vezes. O comerciante Lailson Lopes, também apresentou versão diversa, mas, se sentindo ameaçado, prestou novo depoimento meses após a realização da audiência de instrução do processo. Ele teria dado informações à Polícia Civil, e isso deu novo rumo a investigação, inclusive, culminando com as novas prisões, ocorridas no final do mês de março. Estão presos preventivamente, o Soldado da PM, Evandro Medeiros; o pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, e o advogado Rivaldo Dantas de Farias. Sobre qual teria sido a participação de cada um, a delegada ainda não deu detalhes, “até porque eles são suspeitos”, disse ela, quando ocorreram as detenções.

Blog Marcos Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário