Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

sexta-feira, 15 de junho de 2012

OAB/RN prepara eleição direta que definirá lista sêxtupla para indicar novo desembargador

Ana SilvaPaulo Eduardo Teixeira diz que Conselho Seccional vai definir editalNo final da manhã de hoje (15), o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte decidiu que a vaga do desembargador Caio Alencar, referente ao Quinto Constitucional, deve ser preenchida por representante da Ordem dos Advogados do Brasil. Votaram a favor da OAB os desembargadores Virgílio Fernandes, Expedito Ferreira, Cláudio Santos, Aderson Silvino, Amaury de Souza, Vivaldo Pinheiro, João Rebouças, Zeneide Bezerra, Saraiva Sobrinho e Dilermando Mota. Pelo Ministério Público, a presidente Judite Nunes e o desembargador Amilcar Maia.

Para o presidente Paulo Teixeira, na sessão extraordinária do TJ/RN prevaleceu o posicionamento já consolidado no Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça e Conselho Nacional de Justiça.

Todos os advogados do Rio Grande do Norte vão poder votar e escolher o substituto de Caio Alencar. Conforme o presidente da OAB/RN, o Conselho Seccional será convocado para definir o edital. "Na eleição, os seis advogados mais votados irão compor lista sêxtupla a ser encaminhada ao TJ/RN que, em seguida, reduzirá para três nomes, ficando a decisão final com a governadora Rosalba Ciarlini", disse.

Os candidatos serão submetidos à sabatina em audiência pública, devem ter, no mínimo, dez anos de exercício da advocacia, notório saber jurídico e reputação ilibada.

Na composição atual do Tribunal, o desembargador Cláudio Santos é oriundo do Quinto Constitucional pela OAB e a presidente Judite Nunes pelo Ministério Público.

Quinto Constitucional
Previsto no artigo 94 da Constituição da República Federativa do Brasil, o Quinto Constitucional é um dispositivo que prevê que um quinto dos membros dos Tribunais de Justiça estaduais sejam compostos por advogados e membros do Ministério Público.

* Fonte: OAB/RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário