Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

terça-feira, 17 de julho de 2012

Luiz Almir provoca adversários e justifica apoio a Hermano Morais

Pevista fala em reciprocidade ao comentar ida para o palanque do candidato do PMDB e alfineta Carlos Eduardo e até a prefeita Micarla de Sousa.
O ex-deputado estadual e candidato à Câmara de Vereadores de Natal pelo PV, Luiz Almir, explicou que escolheu apoiar Hermano Morais (PMDB) em gesto de reciprocidade, já que os líderes peemedebistas Garibaldi Filho e Henrique Alves estiveram ao seu lado quando disputou a Prefeitura do Natal em 2004.

Em entrevista ao Jornal 96, o comunicador teceu ainda críticas à administração da prefeita Micarla de Sousa, de seu partido, e provocou o adversário e líder das pesquisas Carlos Eduardo Alves (PDT), pelo qual garante não nutrir ressentimento.

“Tenho tristeza; mágoa, não. Fui muito humilhado em 2004. Ele colocou carro de som na minha porta levantando dúvidas sobre eu ser homem. Sou mais homem que ele”, disse. Almir ainda recorreu ao discurso de traição e advertiu que o candidato do PDT poderá fazer com Wilma o que fez à própria família.

“Carlos Eduardo é alguém por quem tenho respeito, mas não tenho proximidade. Rogério Marinho é uma pessoa de bem, mas vem com Rosalba, que é a Micarla de amanhã. Minha opção era Hermano”, justificou.

O pevista comentou que pretende fazer uma campanha baseada nas reivindicações para a Zona Norte da cidade. Nesta segunda (16), caminhando no bairro de Igapó, Almir relatou ter sido procurado por moradores que reclamaram da precariedade de infraestrutura na maior região da cidade.
Gerlane Lima
“A Zona Norte está tomada por lixo e buracos. As pessoas reclamam mas eu não posso fazer nada”, disse, sugerindo que o diretor presidente da Urbana, João Bastos, deixe o cargo porque a companhia é ingovernável: “Passei 12 dias lá e saí porque não dá pra fazer nada”, criticou.

Ao comentar a administração da prefeita de seu partido, o candidato destacou que Micarla pecou por não cuidar dos lixos e buracos. “Vai ver ela nem sabe disso. Esse povo que passa o dia em casa”, disse ao seu modo, ressaltando que sente carinho pela prefeita da cidade.

Almir é mais um que aposta no crescimento de Carlos Eduardo em face do desgaste de Micarla de Sousa. Ele observa, entretanto, que o ex-prefeito esteve sete anos à frente do Palácio Felipe Camarão e não fez as mudanças que agora promete.
 
Fonte: nominuto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário