Bem vindo ao BLOG CAMPESTRE CIDADÃO, Na Defesa de Seus Direitos

Esse blog é uma forma direta de interagir com a sociedade, esclarecendo suas dúvidas e orientando a respeito de seus direitos. É um prazer poder dar minha contribuição como cidadão consciente.

Fernandes Braga

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Após acareação, Rafael Godeiro e Carla Ubarana mantêm silêncio

O aguardado encontro entre o desembargador Rafael Godeiro e a ex-chefe da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça, Carla Ubarana, ocorreu na manhã desta terça-feira (13), durante pouco mais de uma hora. Investigados por suspeita de participação em esquema fraudulento dentro do TJ/RN, os dois não falaram sobre a acareação. Carla Ubarana, acompanhada pelo marido, george Leal - também réu - deixaram a sede da Justiça Federal sem cruzar com jornalistas. Rafael Godeiro, apesar de não relatar o teor da acareação, demonstrou otimismo.

Acompanhado pelo advogado Boris Trindade, Rafael Godeiro explicou que não poderia dar detalhes sobre o conteúdo da acareação porque o processo segue em segredo de Justiça. Contudo, ele reafirmou tranquilidade sobre a investigação, garantindo inocência.

Logo depois da saída de Rafael Godeiro e do advogado, quem também deixou a sala onde ocorreu a acareação foi o advogado de Carla Ubarana, Marcos Leal. Ele preferiu não falar com a imprensa, assim como Carla Ubarana e George Leal, que deixaram o local por um elevador privativo, sem contato com a imprensa.

Apesar de não participar da acareação, o desembargador Osvaldo Cruz foi representado na audiência por advogado, que acompanhou os relatos da ex-chefe da Divisão de Precatórios do TJ/RN e do desembargador afastado.

Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz são acusados por Carla Ubarana, ré confessa na Operação Judas, de serem beneficiados por um esquema de desvio na verba referente aos precatórios do Tribunal de Justiça. Os dois magistrados foram afastados pelo Conselho Nacional de Justiça e são investigados no Superior Tribunal de Justiça. Os dois negam os crimes.
Fonte: TN

Nenhum comentário:

Postar um comentário