Num determinado momento, dois homens numa moto Honda 150, de cor vermelha, se aproximaram e abriram fogo, usando pistolas. Foram 4 tiros. Maria de Fátima Veras da Silva caiu ao lado da moto e os pistoleiros se aproximaram e descarregaram as armas.

O local do assassinado fica perto da Cadeia Pública. A morte foi constatada pelo Samu. O corpo foi removido para exames no IML de Patos. Todos os policiais civis e militares de Catolé do Rocha e cidades vizinhas estão em diligência à procura dos assassinos.

Os bandidos usavam calça jeans e blusões escuros.

Restam as dúvidas: Maria de Fátima Veras da Silva foi executada em função do trabalho ou em função da guerra entre as famílias na região de Catolé do Rocha e alto oeste do Rio Grande do Norte.

Com informações do Panorama Notícias. Via Blog Sidney Silva